FAQ - Treehouse

Questões Frequentes

O que é a Treehouse?

A Treehouse nasce do desenvolvimento da construção estrutural em madeira no seio da atividade da JULAR Madeiras.

Inicialmente criada para agregar a oferta de casas modulares desenvolvidas pela JULAR, a marca Treehouse rapidamente se diversificou, abrangendo não só a construção de habitações, mas também edifícios comerciais, restaurantes, empreendimentos turísticos, escritórios modulares e stands de vendas, entre outros projetos.

A componente modular e a forte incorporação de pré-fabricação são a essência dos nossos métodos e processos construtivos.

Porquê construir com madeira?

O despertar para as alterações climáticas que têm vindo a acontecer no planeta trouxe uma nova dinâmica para a utilização da madeira na construção, devido às suas propriedades únicas de absorção de carbono.

O século XX foi o século da arquitetura em aço, cimento e vidro. O século XXI, fruto da emergência e integração de novas tecnologias, será o século do uso racional dos recursos naturais, e da redescoberta da madeira como o material de construção aliado do controlo climático.

De todos os materiais de construção disponíveis, a madeira é o único que absorve carbono da atmosfera, ao contrário de todos os outros, que o libertam.

As construções que utilizam a madeira como elemento construtivo poupam energia e CO2; como isolante térmico a madeira é muito superior ao betão, aço e alumínio.

Além do seu papel tradicional na decoração, a madeira foi redescoberta como um excelente material para a construção estrutural, contribuindo naturalmente para a redução dos efeitos do aquecimento global.

Depende de cada um de nós a escolha por um comportamento mais responsável na luta contra as alterações climáticas. Todos podemos fazer a diferença optando por produtos e estilos de vida que reduzam as emissões de CO2 e combatam o aquecimento global.

Quais são as vantagens da pré-fabricação?

A pré-fabricação é atualmente uma solução competitiva e de grande fiabilidade, em alternativa à construção tradicional. A produção em ambiente industrial de atmosfera controlada permite um apertado controlo de qualidade, a preços substancialmente mais baixos que a construção tradicional. A pré-fabricação permite a realização de projetos de larga escala com design moderno e novas soluções arquitetónicas, ao alcance de um maior número de pessoas.

A pré-fabricação possibilita a obtenção de custos de mão de obra mais baixos e ganhos de produtividade, reduz ao mínimo o trabalho ‘on site’ e as deslocações à obra. Numa construção tradicional, os desperdícios oscilam entre os 10% e os 30%; com este sistema, é frequente serem inferiores a 2%.

Nos sistemas de construção modular, como acontece com as casas modulares Treehouse, os componentes são totalmente standardizados, permitindo a montagem e edificação do projeto num curtíssimo espaço de tempo, com orçamentos muito competitivos. Da mesma forma, é possível produzir repetições de várias unidades em série, otimizando custos de produção (humanos e materiais) e rentabilizando os tempos de obra.

As estruturas Treehouse são amigas do ambiente?

Todas as casas modulares e demais estruturas Treehouse são concebidas segundo as mais recentes técnicas de construção sustentável, e os nossos sistemas construtivos utilizam apenas madeira, a única matéria-prima natural, renovável e amiga do ambiente. Os componentes em madeira que integram a Treehouse possuem certificação PEFC ou FSC (cadeia de responsabilidade florestal), garantindo a sua proveniência de florestas certificadas de gestão sustentável.

A madeira é o único material de construção de produção limpa – terra, água e energia solar são suficientes – sendo igualmente reciclável ao longo do seu ciclo de vida, gerando por isso um impacto quase nulo no meio envolvente.

Qual é a origem das madeiras utilizadas nas estruturas Treehouse?

Uma das principais preocupações da JULAR assenta na procura de fornecedores certificados, que garantam um compromisso de responsabilidade para com as florestas e o meio ambiente. Grande parte das madeiras comercializadas pela JULAR e que integram a construção das estruturas Treehouse, é originária das florestas do norte da Europa, onde o processo de abate das árvores é feito de forma controlada. As florestas são geridas por empresas ou entidades idóneas e o corte é feito com base em inventários realizados, periodicamente, com o auxílio de equipamentos GPS e outros sistemas tecnológicos avançados, de modo a garantir que as árvores cumprem o seu período de crescimento natural. Ao contrário do que se pensa, as florestas cujo abate de árvores é feito de forma sustentada registam um maior crescimento da massa florestal, o que se comprova facilmente em países como a Suécia ou a Noruega, onde a construção é feita com madeira por excelência e onde a massa florestal tem aumentado consideravelmente nos últimos anos.

A madeira utilizada pela JULAR no fabrico das estruturas Treehouse respeita algum ciclo de reciclagem?

A madeira e os produtos derivados da madeira são reciclados mesmo na fase final de vida do produto, dando origem a painéis de partículas recicladas ou servindo para a produção de energia, actuando como substituto dos combustíveis fósseis (biomassa). A JULAR tem parcerias com empresas de fabrico de painéis de partículas ou derivados, que incorporam os nossos desperdícios nos seus produtos.

A construção em madeira é mais vulnerável a situações de incêndio?

Ao contrário de outros materiais, a estrutura molecular da madeira tem um excelente desempenho a elevadas temperaturas, não se funde nem se parte. A madeira carbonizada superficialmente funciona como uma barreira que não deixa passar gases e calor, dificultando a propagação do fogo em profundidade e deixando uma margem de tempo que permite a evacuação do espaço.

As regras de dimensionamento de edifícios em madeira mandam projetar secções para os elementos portantes que já incluam uma eventual perda de secção por efeito do fogo. Os elementos estruturais utilizados em construções de larga escala podem sofrer alguns danos por ação do fogo, mas apenas ao nível superficial, não comprometendo o seu desempenho estrutural. As estruturas em metal, por sua vez, possuem uma temperatura de fusão baixa e distorcem rapidamente em caso de incêndio, até entrarem em ponto de colapso total.

Em caso de sismo ou terramoto, uma construção em madeira cede facilmente?

A madeira é dos materiais de construção com a melhor relação peso-resistência. O seu reduzido peso traduz-se numa muito reduzida inércia, característica importante em caso de sismo.

Outra característica é a flexibilidade, ou ductilidade: o material deforma-se mas não rompe, e regressa à sua forma original.

Vale a pena referir o exemplo do terramoto de Lisboa em 1755, onde Carlos Mardel e a sua equipa utilizaram intensamente a madeira nas estruturas de reconstrução da cidade, ficando célebre o sistema de “gaiola” inventado na época. Mais recentemente, no sismo ocorrido no Haiti, em 2010, eram visíveis várias casas em madeira que resistiram à violência do abalo. E ainda a reconstrução da cidade italiana de L’Aquila, em Itália, onde após o sismo de 2009 se iniciou um processo de reconstrução de muitas habitações com painéis portantes pré-fabricados em madeira.

Um edifício com estrutura em madeira é estável e resiste a fenómenos atmosféricos adversos?

As estruturas em madeira desenvolvidas pela JULAR são dimensionadas e calculadas por técnicos experientes, com base nas normas do Eurocódigo 5, a principal regulamentação europeia aplicável à construção em madeira.

Para a estabilidade do edifício é essencial o seu correto dimensionamento e a utilização de secções adequadas para os diferentes elementos estruturais.

As estruturas Treehouse by JULAR são construídas de acordo com as mais recentes técnicas de construção sustentável, e cumprindo todos os requisitos legais em matéria de resistência e segurança. O fabrico é feito com madeiras certificadas e homologadas, garantindo os mais elevados padrões de qualidade e desempenho em matéria de resistência ao fogo, resistência sísmica e eficiência energética.

A construção em madeira é apropriada para todos os tipos de clima?

As excelentes propriedades térmicas da madeira fazem com que seja o material de escolha por excelência para construção de habitações em climas frios. Contudo, a madeira é igualmente uma excelente escolha em climas quentes, uma vez que durante a noite a madeira permite dissipar o calor acumulado durante o dia nas superfícies, estabilizando as flutuações de temperatura no interior da habitação.

Qual a manutenção necessária para uma construção em madeira?

As casas modulares e restantes estruturas Treehouse possuem um revestimento de proteção à base de óleos e ceras naturais de alta qualidade, com uma durabilidade alargada.

No entanto, se estiver numa zona muito exposta, deverá ser feita uma renovação a cada 3 ou 4 anos. Os pontos críticos são os que estão mais expostos à intempérie, como coberturas, algerozes ou fachadas. A cobertura deverá ter uma limpeza dos algerozes pelo menos uma vez por ano.

No restante, a manutenção de uma construção em madeira é semelhante a uma construção convencional.

Quanto tempo dura uma construção em madeira?

Um edifício em madeira poderá ter uma longevidade idêntica ou mesmo superior a uma construção tradicional, desde que sejam aplicados os mesmos cuidados de manutenção. Deve ser dada especial atenção aos telhados, que devem estar desobstruídos e limpos de folhagem, por forma a permitir uma boa drenagem da água da chuva. Caso possuam pintura ou acabamento, as paredes exteriores devem ser mantidas em intervalos de 3 ou 4 anos.

A duração de um edifício em madeira é teoricamente ilimitada – existem várias construções milenares em madeira um pouco por todo o mundo.

Quanto tempo demora a construção de uma estrutura de madeira?

Os sistemas construtivos pré-fabricados possibilitam uma edificação mais rápida de todo o projeto, atendendo a que todo o processo de fabrico é processado em fábrica e a montagem é finalizada no local de implantação.

Para as casas modulares Treehouse, nas situações em que seja escolhida uma tipologia standard e com base em layouts pré-definidos, o prazo de entrega médio desde a adjudicação até à entrega final é de cerca de 120 dias.

Para uma estrutura de madeira personalizada, mediante projeto específico, quer seja do cliente quer seja desenvolvido pela JULAR, os prazos de execução são definidos após análise das dimensões e complexidade da obra.

Os prazos também são variáveis, em função dos tempos necessários para licenciamento, o que depende muito das diferentes entidades licenciadoras.

Quais são as principais etapas do processo de construção?

  • definição do projeto de base, com aconselhamento técnico sobre o tipo de sistema construtivo a usar, definição de materiais e escolha de acabamentos;
  • preparação do projeto para licenciamento de arquitectura e/ou especialidades;
  • fabrico e receção em fábrica;
  • instalação no local definitivo.

Qual o tempo de garantia de uma construção em madeira?

Os vários modelos de casas e estruturas em madeira construídas pela JULAR têm garantia de 5 anos, de acordo com a legislação em vigor (art.º 1225 do Código Civil).

Qual a classificação energética de uma estrutura de madeira?

A classificação da eficiência energética depende de vários fatores, como a localização do edifício, a orientação solar, a proteção de vãos, etc. Consoante a opção do cliente, as casas modulares Treehouse podem cumprir os requisitos para uma classificação A+.

É possível licenciar uma casa ou um edifício com construção em madeira?

As estruturas Treehouse by JULAR são projetadas para cumprir com todos os regulamentos em vigor em Portugal.

No que diz respeito às casas modulares Treehouse, a instalação pode ser feita sem modelação de terreno, trabalhos de construção civil ou ligação a infra-estruturas públicas. Para muitas autarquias isso significa um processo de licenciamento muito mais expedito.

Isto é especialmente importante se o terreno estiver em zona agrícola ou ecológica (RAN ou REN).

No entanto, cada município olha para o seu território de forma diferenciada, pelo que deve sempre verificar-se junto da autarquia em questão de que forma é tratado este processo.

Embora com algumas variações, consoante os municípios, os projetos necessários para o licenciamento são Arquitectura, Estabilidade, Rede Elétrica, Rede de Águas e Esgotos, ITED, Térmica e Acústica.

É possível construir uma casa de madeira num terreno agrícola?

A construção de uma casa modular Treehouse poderá ser feita sem impermeabilização dos solos, sendo por isso uma característica a ter em consideração na questão do licenciamento.

No entanto, cada município tem a sua interpretação da legislação, daí que se deva consultar o Dep. de Urbanismo da autarquia em cada situação.

A instalação de uma estrutura de madeira, ou de uma casa modular, obriga à existência de uma laje de betão?

Cada projeto tem a sua especificidade e é possível instalar uma construção de madeira sobre uma laje de betão.

Tal não é condição obrigatória, mas essa hipótese pode ser considerada, nomeadamente em terrenos com relevos acentuados, ou quando se pretenda fazer o aproveitamento da cave.

A nossa equipa técnica estará totalmente ao dispor para o aconselhar sobre a melhor solução.

Uma construção em madeira paga IMI?

Uma construção em madeira pode ser licenciada como qualquer construção tradicional e, uma vez concluído esse processo junto da autarquia, estará sujeita ao pagamento de IMI como qualquer outro imóvel.

Pode licenciar-se uma casa de madeira para habitação permanente?

As nossas casas modulares Treehouse by JULAR destinam-se tanto a habitação permanente como habitação secundária, e cumprem com os requisitos legalmente exigidos.

Uma casa de madeira pode ser considerada amovível?

Consoante o sistema construtivo utilizado, as casas modulares Treehouse podem incluir fundações com parafusos metálicos, com prumos de madeira ou com elementos de betão

Esta diferenciação de características conduz a um projecto de habitação distinto, o que leva a que cada município faça a sua leitura da legislação existente. Assim, é necessário consultar a autarquia em causa, para aferir de que forma é feita esta classificação (casa amovível ou não).

Existem benefícios fiscais para a compra de uma casa de madeira?

Até ao momento não existe legislação aprovada que permita obter benefícios fiscais na compra de uma casa de madeira, mesmo que seja construída com materiais certificados de elevado desempenho, e provenientes de florestas sustentáveis, como é o caso das casas modulares Treehouse by JULAR.

Existem alguns países com legislação aprovada neste âmbito, e que levam em consideração a eficiência energética superior da habitação. É possível construir um edifício em madeira tendo em conta os requisitos de eficiência energética necessários para obter uma determinada classificação.

É possível obter financiamento bancário para aquisição de uma casa de madeira?

A maioria das instituições bancárias não dispõe de um crédito específico para este tipo de construção, embora existam possibilidades de financiamento, variando com o banco.

Poderá existir a possibilidade de contrair um empréstimo hipotecário comum, segundo os trâmites normais. A garantia inicial será o terreno onde se vai instalar a estrutura. Posteriormente, o avaliador poderá dirigir-se à JULAR, visitar a fábrica ou construções semelhantes para fazer o seu relatório de avaliação.

Algumas entidades bancárias dispõem de certos tipos de financiamento que podem ser aplicados à aquisição de uma casa modular em madeira. É uma questão muito variável entre bancos pelo que, em caso de interesse, deverá consultar-se diretamente o banco.

O que inclui uma casa modular Treehouse?

  • estrutura em madeira;
  • sistema de cobertura com isolamento térmico e telas impermeabilizantes;
  • paredes exteriores com isolamento térmico e ventilação;
  • instalação elétrica e sistema de água e saneamento, incluindo torneiras;
  • loiças sanitárias;
  • caixilharia de elevada qualidade com vidro duplo;
  • revestimentos interiores, e portas interiores.

Quais são as opções de equipamentos disponíveis para uma casa modular Treehouse?

  • pintura exterior com velatura (2 demãos);
  • fachada ventilada;
  • projetos para licenciamento;
  • móveis de cozinha e/ou eletrodomésticos;
  • acabamento HPL no tampo da bancada de cozinha;
  • acabamento cerâmico nas instalações sanitárias;
  • caixilharia com vidro laminado + temperado;
  • portas deslizantes na sala/quarto;
  • caixilharia oscilo-batente de elevada qualidade com vidro duplo;
  • roupeiros
  • salamandra;
  • módulos adicionais de deck;
  • pérgulas;
  • bancos de pátio;
  • painéis solares ou fotovoltaicos;
  • ar condicionado;
  • fossa séptica.

O que não está incluído numa casa modular Treehouse?

  • levantamento topográfico, sondagens e estudos geotécnicos;
  • estacas/fundações;
  • transporte, montagem e meios de elevação;
  • projetos (exceto projeto de estabilidade);
  • taxas e licenças.

Os itens excluídos são os que apresentam maiores variáveis na sua análise, daí que tenham de ser analisados em cada projeto. Para chegar a um cálculo de valor final são considerados diversos fatores, nomeadamente os acabamentos escolhidos pelo cliente, a montagem e o transporte, que variam em função da zona geográfica e das condições de acesso ao local.

TOPO